Agenda
Janeiro 2018
D S T Q Q S S
« dez    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  
Notcell Informática
Joker Service

O velhinho apostador e a Receita Federal

*A Receita Federal convoca o velhinho que caiu na malha fina, para dar
explicações sobre a origem de sua receita.

O fiscal da Receita nem ficou surpreso quando o velhinho apareceu com
seu advogado.

O auditor disse:
‘Bem, senhor, você tem um estilo de vida extravagante e sem emprego o
tempo todo, como você pode explicar, dizendo que ganha dinheiro no jogo.
A Receita Federal não considera crível essa explicação. ”

Eu sou um Grande jogador, e eu posso provar isso “, diz o velhinho. “Que
tal uma demonstração?

O auditor pensa por um momento e disse: ‘Ok … Vá em frente. ”

Ele diz: “Eu aposto com você mil Reais que eu posso morder meus próprios
  olhos.”

O auditor pensa um instante e diz: ‘Tá apostado. ”

O velhinho tira o olho de vidro e morde. O queixo do auditor cai.

O velhinho diz: ‘Agora, eu aposto dois mil Reais que eu posso morder
meu outro olho. ”

Agora, o auditor, sabendo que o velhinho não é cego, topa a aposta.

O velhinho tira a dentadura e morde seu olho bom.

O auditor atordoado e nervoso, pois percebe que apostou e perdeu duas
vezes, tendo o procurador do velhinho como testemunha.

“ Quer ir para o dobro ou nada? O velhinho fala ‘Aposto seis mil Reais
que posso ficar em um lado da sua mesa, e fazer xixi na lixeira do outro
lado e que não cairá nenhum pingo sobre a sua mesa …’

  O auditor, duas vezes queimado, é cauteloso agora, mas olha com
atenção e decide que não há nenhuma possibilidade de ele fazer aquilo sem
respingar sobre a mesa, então ele topa apostar de novo.

*O velhinho fica ao lado da mesa e abre sua calça, mas apesar de
forçar poderosamente, não consegue fazer o fluxo do mijo alcançar a
lixeira do outro lado, então ele praticamente urina em toda mesa do
auditor . **

O auditor da saltos de alegria, percebendo que ele acabou de ganhar a aposta.

Mas percebe que o advogado do velhinho estava aos gemidos e com a
cabeça entre as mãos.

‘Você está bem?’ o auditor pergunta ao advogado.

“Claro que não!” diz o advogado. Esta manhã, quando meu avô me disse que
tinha sido convocado pela Receita Federal, ele apostou comigo vinte e cinco
mil Reais que viria aqui e faria xixi na mesa do fiscal e que ele
ficaria feliz com isso! ‘*

MORAL DA HISTÓRIA: Não adianta, idade é experiência!

Comments are closed.