Agenda
Janeiro 2018
D S T Q Q S S
« dez    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  
Notcell Informática
Joker Service

Archive for the ‘Letras de Músicas’ Category

As Baleias, Roberto Carlos

Composição: Roberto Carlos / Erasmo Carlos

http://www.youtube.com/watch?v=E4B9LbuSxPY

Não é possível que você suporte a barra
De olhar nos olhos do que morre em suas mãos
E ver no mar se debater o sofrimento
E até sentir-se um vencedor nesse momento

Não é possível que no fundo do seu peito
Seu coração não tenha lágrimas guardadas
Pra derramar sobre o vermelho derramado
No azul das águas que você deixou manchadas

Seus netos vão te perguntar em poucos anos
Pelas baleias que cruzavam oceanos
Que eles viram em velhos livros
Ou nos filmes dos arquivos
Dos programas vespertinos de televisão

O gosto amargo do silêncio em sua boca
Vai te levar de volta ao mar e a fúria louca
De uma cauda exposta aos ventos
Em seus últimos momentos
Relembrada num troféu em forma de arpão

Como é possível que você tenha coragem
De não deixar nascer a vida que se faz
Em outra vida que sem ter lugar seguro
Te pede a chance de existência no futuro

Mudar seu rumo e procurar seus sentimentos
Vai te fazer um verdadeiro vencedor
Ainda é tempo de ouvir a voz dos ventos
Numa canção que fala muito mais de amor

Não é possível que você suporte a barra

Rastros na Areia – Dalvan

http://www.youtube.com/watch?v=ELSNEfMqBpk&feature=related

O sonho que tive esta noite
Foi um exemplo de amor
Sonhei que na praia deserta
Eu caminhava com Nosso Senhor

Ao longo da praia deserta
Quis o Senhor me mostrar
Cenas por mim esquecidas
De tudo que fiz nesta vida
Ele me fez recordar

Cenas das horas felizes
Que a mesa era farta na hora da ceia
Por onde eu havia passado
Ficaram dois rastros de passos na areia
Então o Senhor me falou:
Em seus belos momentos passados
Para guiar os seus passos
Eu caminhava ao seu lado

Porém minha falta de fé
Tinha que aparecer
Quando passavam as cenas das horas mais tristes
De todo meu ser
Então ao Senhor reclamei
Somente seu rastro ficou
Quando eu mais precisava
Quando eu sofri e chorava
O Senhor me abandonou

Naquele instante sagrado
Que Ele abraçou-me dizendo assim:
Usei a coroa de espinhos
Morri numa cruz e duvidas de mim
Filho estes rastro são meus
Ouça o que vou lhe dizer
Nas suas horas de angústias
Eu carregava você